Nosso Blog é melhor visualizado no navegador Mozilla Firefox.

Pesquisar este blog

Carregando...

Total de visualizações de página

Google+ Followers

Translate

Perfil

Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Cláudia Andréa Prata Ferreira é Professora Doutora - Categoria: Associado III - do Setor de Língua e Literatura Hebraicas do Departamento de Letras Orientais e Eslavas da Faculdade de Letras da UFRJ.

Seguidores

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Uma análise da polêmica em torno do livro "Igreja: carisma e poder", de Leonardo Boff, na Arquidiocese do Rio de Janeiro

Uma análise da polêmica em torno do livro "Igreja: carisma e poder", de Leonardo Boff, na Arquidiocese do Rio de Janeiro

Lucelmo Lacerda de Brito

Dissertação de mestrado em História (PUC-SP)

Data da defesa: 28/01/2009.

Resumo: Nosso objeto de estudo é a polêmica em torno do livro Igreja: Carisma e Poder, de Leonardo Boff, lançado em 1982. Nos delimitamos, no entanto, no que denominamos de “fase brasileira” da polêmica, uma vez que açambarca a querela entre Boff e a Comissão Arquidiocesana para a Doutrina da Fé do Rio de Janeiro – CADF-RJ e, a partir dela, de outros intelectuais que defenderam ambas as partes ainda no Brasil. Ou seja, não nos debruçaremos na fase romana do processo, em que o livro é analisado e condenado pelo Vaticano. Entendemos nosso objeto de estudo é importante em face da importância da Igreja Católica no Brasil e por se interseccionar uma questão de fundamental importância: a mudança de orientação política da Igreja Católica na década de 90. Pretendemos – a) Perceber a impactação da polêmica, no Rio de Janeiro, em torno do Livro Igreja: Carisma e Poder em seu desdobramento: a condenação do Vaticano. b) Conhecer a representatividade e impacto da polêmica entre Leonardo Boff, a Arquidiocese do Rio de Janeiro e o Vaticano, na Igreja do Brasil; c) Perceber de que forma as relações tensas da TL com os conservadores no Brasil e com o Vaticano afetaram o desenrolar das forças progressistas na Igreja Católica no Brasil; d) Avançar na compreensão da relação entre conservadores e progressistas na Igreja Católica no Brasil; Para isso nos utilizaremos do conjunto de textos e documentos do processo na CADF-RJ bem como dos que fizeram eco ao processo.

Um comentário:

Prof. Lucelmo disse...

Espero que gostem do texto!