Nosso Blog é melhor visualizado no navegador Mozilla Firefox.

Pesquisar este blog

Carregando...

Total de visualizações de página

Google+ Followers

Translate

Perfil

Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Cláudia Andréa Prata Ferreira é Professora Doutora - Categoria: Associado III - do Setor de Língua e Literatura Hebraicas do Departamento de Letras Orientais e Eslavas da Faculdade de Letras da UFRJ.

Seguidores

domingo, 28 de março de 2010

Encarnações de Chico Xavier: um espírito baixou em mim

Jornal do Brasil (JB), Caderno B, em 28/03/2010.

  • ENCARNAÇÕES DE CHICO XAVIER - Pág. 1 (foto de página inteira): Personagem central do novo longa-metragem do diretor Daniel Filho que estreia nesta sexta-feira, dia de seu centenário, médium mineiro motiva a produção de uma série de filmes de temática espiritualista Páginas B8 e B9 (mais texto e fotos)
  • Um espírito baixou em mim - Pág. 8: Ocearense Luís Eduardo Girão está convicto de que a verdadeira riqueza brasileira “não é o pré-sal da Petrobras, mas a vasta literatura espiritualista, cada vez mais procurada”. É ela que, segundo o produtor de Bezerra de Menezes: O diário de um espírito (2008) – a cinebiografia do médico kardecista – está alimentando o que ele vê como nova tendência do cinema nacional: os filmes de temática espírita, que ganharam novo impulso na esteira do centenário de nascimento de Chico Xavier (1910-2002), o mais popular médium do país. (...) – O Brasil mágico, sobrenatural, este Brasil da vida depois da morte, nunca foi bem retratado no cinema. É um tema que mobiliza milhões e que agora terá o espaço que merece no cinema. E chega num belo momento: o ano do centenário de Chico – diz Souto Maior, que começou a pesquisar sobre o médium mineiro há 15 anos e já escreveu três livros sobre ele; um quarto, sobre os bastidores das filmagens de Chico Xavier, chega às bancas junto com o filme. – Chico é um mito, um mistério, e o mistério é sempre inesgotável. (...) O marco zero para a redescoberta da espiritualidade do público brasileiro parece ter sido mesmo Bezerra de Menezes, uma produção modesta, protagonizada por Carlos Vereza, assistida por mais de 505 mil pessoas. – Sim, de certa forma Be zerra de Menezes ajudou a alavancar as produções que estão chegando agora ao cinema, como a minha – afirma o ator e diretor Paulo Figueiredo, que finaliza E a vida continua, baseado em um dos livros psicografados por Chico Xavier. – É um assunto que fica meio adormecido. Aí vem a TV Globo e faz uma novela que reaviva o tema, ou vem um filme pequeno como o Bezerra e atrai um monte de iniciados no assunto aos cinemas. Mas há também o interesse de muitos não iniciados, com uma curiosidade muito grande sobre os temas espirituais.
  • TV Globo prepara seriado com médico de poderes mediúnicos - Pág. 9: A TV brasileira, que desde a semana passada começou a pôr no ar produtos especiais relacionados à efeméride do centenário de Chico Xavier, pensa no espiritismo como um investimento a longo prazo. Dia estreia Escrito nas estrelas, a nova novela das 18h da Rede Globo, cuja trama questiona os limites entre os planos físico e espiritual. A emissora carioca lança, ainda no segundo semestre deste ano, o seriado A cura, no qual Selton Mello viverá um médico mineiro com habilidades paranormais. A última novela global a trabalhar campo espiritual com profundidade foi Alma gêmea 2005), de Walcyr Carrasco. – Acho que há uma busca maior das pessoas, em nível mundial, por algo que transcenda a realidade, às vezes tão brutal, que vivemos atualmente – entende Elizabeth Jhin, autora da trama de Escrito nas estrelas. – No cinema, na literatura e na televisão vemos exemplos disso, o que demonstra que há realmente um movimento nesse sentido. Acima de crenças institucionalizadas existe um desejo comum de redescobrir valores que tornem menos árdua nossa passagem por aqui. Dirigida por Roberta Richard e Fabio Strazzer, com direção-geral de Pedro Vasconcelos, Escrito nas estrelas pretende promover um debate sobre os avanços da ciência genética em seus aspectos médicos e éticos. A trama é desencadeada pela morte do filho único (Jayme Matarazzo) do dono de uma conceituada clínica de reprodução assistida (Humberto Martins) em um acidente. Este vem a descobrir que uma de suas clientes (Nathália Dill) está grávida de seu filho morto, depositante do banco de esperma da clínica. Já o seriado A cura acompanha a trajetória de um médico do interior de Minas Gerais acusado de causar a morte de um colega de escola. Anos depois, descobre-se capaz de curar pessoas através de cirurgias espirituais intermediadas pelo espírito de um médico morto. Selton Mello será o protagonista do programa e fará par romântico com Andréia Horta, do seriado Alice.
  • Um espírito baixou em mim - Pág. 9


Veja mais:


Nenhum comentário: