Nosso Blog é melhor visualizado no navegador Mozilla Firefox.

Pesquisar este blog

Total de visualizações de página

Google+ Followers

Translate

Perfil

Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Cláudia Andréa Prata Ferreira é Professora Doutora - Categoria: Associado III - do Setor de Língua e Literatura Hebraicas do Departamento de Letras Orientais e Eslavas da Faculdade de Letras da UFRJ.

Seguidores

sábado, 14 de fevereiro de 2009

Epistemologia da controvérsia para o ensino religioso: aprendendo e ensinando na diferença, fundamentados no pensamento de Franz Rosenzweig

Epistemologia da controvérsia para o ensino religioso: aprendendo e ensinando na diferença, funda-mentados no pensamento de Franz Rosenzweig

Viviane Cristina Cândido

Tese de Doutorado em Ciências da Religião (PUC-SP)

Data da defesa: 01/12/2008.

Resumo: Objetivo: Propor uma epistemologia que fundamente essa disciplina, vinculada às Ciências da Religião, como uma área externa, capaz de oferecer referenciais teóricos para a prática educacional, considerando o objeto de estudo comum – a religião. Justificativa: O ER - Ensino Religioso é parte integrante do currículo das escolas de educação básica. Estabelecido como área de conhecimento, sua prática pedagógica é portadora de indefinições e ambigüidades relativas à sua natureza e finalidade, resultado da falta de referenciais teóricos específicos do campo de estudo da religião. Hipóteses: A finalidade do ER é possibilitar aos educandos uma ampliação de sua visão de mundo pela maior compreensão das questões religiosas, a partir de um estudo da religião que colabore para a compreensão e vivência do autenticamente humano; a tensão entre instituição e experiência religiosas como metodologia para o estudo da religião; uma epistemologia da controvérsia alicerçada na Filosofia da Religião, no âmbito das Ciências da Religião. Aspectos teórico-metodológicos e resultado obtido: Esta pesquisa evidenciou o ambiente de controvérsias em que está inserido o ER e seus conceitos relacionados no campo das Ciências e postulou a epistemologia da controvérsia, fundamentada no pensamento de Franz Rosenzweig, como referencial para a prática pedagógica do ER. Demonstrou ainda que, uma vez que o que se pretende é o diálogo entre a razão e a razão religiosa no espaço/tempo da escola, a Filosofia da Religião, no âmbito das Ciências da Religião, é a área que sustenta essa epistemologia. Utilizando o próprio “método Rosenzweig” apontou a tensão entre instituição e experiência religiosas como metodologia para o estudo da religião nas aulas de Ensino Religioso.

Nenhum comentário: