Nosso Blog é melhor visualizado no navegador Mozilla Firefox.

Pesquisar este blog

Total de visualizações de página

Google+ Followers

Translate

Perfil

Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Cláudia Andréa Prata Ferreira é Professora Doutora - Categoria: Associado III - do Setor de Língua e Literatura Hebraicas do Departamento de Letras Orientais e Eslavas da Faculdade de Letras da UFRJ.

Seguidores

terça-feira, 26 de agosto de 2008

O poder da maçonaria – A história de uma sociedade secreta no Brasil

O poder da maçonaria – A história de uma sociedade secreta no Brasil

Historiadores publicam um levantamento inédito das origens e da trajetória política da maçonaria no Brasil, país que só fica atrás dos EUA e da Inglaterra em número de iniciados.

Autores: Marco Morel e Françoise Jean de Oliveira Souza
Editora: Nova Fronteira
Sinopse: A história do Brasil está tão marcada por personagens de uma forma ou outra ligados à maçonaria que não deixa de ser uma surpresa que só agora, dois séculos depois da instalação das primeiras lojas regulares no país, dois historiadores não-maçons tenham se debruçado de forma abrangente sobre o tema. Seja para aplacar a curiosidade dos leigos, seja para surpreender os iniciados, não faltam neste revelações sobre as origens históricas e a grande influência desta organização hermética nos bastidores da política brasileira.
O poder da maçonaria: a história de uma sociedade secreta no Brasil traz à luz fatos inéditos, descortinados pelo olhar apurado e imparcial de dois renomados historiadores que, embora não pertençam à Maçonaria, reconhecem a sua importância para a sociedade como um todo.
Fatos históricos como a Conjuração Mineira, as lutas pela Independência, a Abolição da Escravatura e a Proclamação da República, entre outros, ganham nova vida quando observados nos bastidores das lojas maçônicas. No entanto, como explicam os autores, não existiu uma maçonaria, um “centro possante, aglutinador e atemporal”, mas diversas organizações maçônicas ao longo do tempo. Fraternidades que apoiaram as mais diversas ideologias. E que, como os homens que as integraram, nunca estiveram livres de contradições.

Sobre os Autores:
Marco Morel
é jornalista, professor do Departamento de História da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), mestre em História do Brasil pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), doutor em História pela Universidade de Paris I e pós-doutor pela Universidade de São Paulo (USP). É autor dos livros: Frei Caneca, entre Marília e a Pátria; Cipriano Barata na Sentinela da Liberdade; Palavra, Imagem e Poder: o surgimento da imprensa no Brasil do século XIX; O Período das Regências e As Transformações dos Espaços Públicos: Imprensa, Atores Políticos e Sociabilidades na Cidade Imperial.

Françoise Jean de Oliveira Souza é historiadora da Fundação Municipal de Cultura de Belo Horizonte, onde atua na área de patrimônio histórico e é mestre em História do Brasil pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), tendo defendido a dissertação Vozes Maçônicas na Província Mineira (1869-1889). Atualmente, é doutoranda em História do Brasil pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ).

Nenhum comentário: